06/01/2012

São Paulo under US$ 25

Ontem o Paladar publicou uma lista do NYT com 10 endereços para se comer em NY por US$ 25 ou menos. Comentava com uma amiga do metier sobre a utilidade dessas listas e a oportunidade que Paladar havia perdido para fazer uma para São Paulo, ao menos para utilidade dos mesmos gringos.

Dizia a amiga que a associação perigosa entre bom e caro é coisa típica de novos ricos brasileiros, e que a “democracia americana” se manifesta, ao contrário, nos baixos preços, nas promoções, nas liquidações, nas oportunidades imperdíveis de se capturar uma boa relação qualidade/preço.

Na verdade, não se tratava de uma lista especialmente preparada pelo NYT, como Paladar deu a entender: trata-se de uma coluna permanente, um trabalho corriqueiro, fruto da simples indexação das resenhas de restaurantes que o jornal faz. Enfim, um serviço público pela organização sistemática de informações, ao passo que Paladar funciona mais por espasmos. Assim, como não conseguiu fazer o mesmo para São Paulo, preferiu traduzir material do NYT.

E-boca livre publica aqui sua própria lista de 10 bons e baratos em São Paulo (selecionados entre mais de 20 lembrados na conversa com a amiga especialista), onde se come decentemente under US$ 25. Aliás, pelo menos US$ 1.000 mais baratos, para os brasileiros, do que a lista do Paladar decalcada do NYT:

1. Mocotó - Cozinha do Brasil profundo, campeão. Quem não gosta de mão-de-vaca (mocotó) também tem alternativas. Av. Nossa Senhora do Loreto, 1100.

2. Maripili - Um espanhol que não confunde tapa com bruschetta. Rua Alexandre Dumas, 1152

3. Uo Katsu - Um japonês farto, com coisas boas. Uma das melhores ostras da cidade. R. Manoel da Nóbrega, 1.180

4. Jardim meio hectare - Um chinês que não se perde em laqueados dourados e vermelhos. R. Tomás Gonzaga, 65

5. Parilla argentina - Um “falso argentino” convincente, com cuidado com as carnes (achuras) e empanadas. Ampla carta de vinhos do Cono Sur a preço de hemisfério Norte. Tomate “da casa” imperdível. Rua Professor Sousa Barros 493

6. Dona Felicidade - Um bar de gente que sabe cozinhar e servir, como se fosse um restaurante. Rua Tito, 21

7. Lamen Kazu - Incríveis sabores a preço de quase nada. US$ 25 serve dois. R. Thomaz Gonzaga, 51

8. Le Jazz - Um francês que sabe que não está no Boulevard Saint Germain, com garçons bem mais simpáticos do que os de lá e onde se come um beef tartare que é o (meu) melhor da cidade. Rua dos Pinheiros, 254

9. Marina di Vietri - Um italiano em velho estilo, que não deixa ninguém insatisfeito com seu spaguetti al vongole. Rua Comendador Miguel Calfat, 398

10. Restaurante Bicol - Cozinha coreana, quase desconhecida por aqui, mas com pratos agradavelmente surpreendentes. Não aceita cachorro. Praça General Polidoro, 111. Aclimação

13 comentários:

Joana Pellerano disse...

Adorei o guia, Dória. Meu bolso agradece.
Beijo.

Carlos Dória disse...

Joana, querida, faça o seu. Divulguemos os nossos roteiros!!! Bj.

Anônimo disse...

"Não aceita cachorro." Nem no salão e nem na cozinha.

Anônimo disse...

Bacana. Mas custava quanto dar o serviço com telefone?

Carlos Dória disse...

Mas isso aqui não é assessoria de imprensa! Gourmand sofre!!!

wair de paula disse...

Dória, ótima lista. Quase sempre que vou ao Le Jazz acabo pedindo o steak tartare, mas o tagine de cordeiro também é de responsa. Mocotó nem se fala, o problema é a espera, eterna - mas vale cada minuto de espera. Agora adorei as dicas do chinês, coreano e japonês. seguramente experimentarei. forte abraço,

Projeto: Um comodo por mês disse...

Mas essa lista é under 25 dolares ou reais? Porque no le jazz não me lembro de ter prato abaixo de 25 reais. Imagino que São paulo esta tao cara que se for em real só sobra uns 4 desses.

Carlos Dória disse...

25 dolares, como a lista de NY, claro. As omeletes do Le Jazz devem ser abaixo de 25 reais, ou estou enganado?

Eduardo Magno disse...

Caro Dória, ótima lista!
Só corrigindo o endereço do Dona Felicidade, fica na rua Tito, 21. Vila Romana.

Carlos Dória disse...

Isso mesmo, Eduardo. Tks

Andrea Ernst schein disse...

Preciso ir urgente a Sampa! Vou comentar no face, adorei as indicações! Saudades de ti, Dória!

Sarah Abreu disse...

Gosto mais do ASKA (Galvão Bueno, 466)para lamen e também tem o ótimo Rong He (Rua da Glória, 622A, massa ótima e pasteizinhos no vapor com caldo de porco incríveis! Adorei a lista! Mocotó é o próximo da lista!

MArcelo disse...

Nossa, já fui em 7 dos dez da lista... sinal de que os bons e baratos são coisa rara mesmo nesta cidade...

Postar um comentário