05/03/2009

Gratuidade da gastronomia

“A gastronomia é um saber gratuito porque modifica artificialmente a relação saber–necessidade da alimentação. Só se pode reivindicar dentro do espírito lúdico [...], pois quando o gourmet cai na tentação do sectarismo e do dogma, transforma-se num pedante árbitro do nada”.(Manuel Vasquez Montalbán, Contra los gourmets).
Aqueles que não percebem a gratuidade do saber gastronômico logo se transformam nos enochatos, gastrochatos, chocochatos, ou meros chatos sem especialização que povoam muitas mesas por esse mundo afora.

1 comentários:

umlitrodeletras disse...

Olá, professor. Essa fronteira entre a erudição pedante e o saber prazeroso e gratuito às vezes é tênue. Eu também busco distância de gastrochatos e biodesagradáveis. Veja aqui algumas histórias que ando escrevendo em meu blog: http://umlitrodeletras.wordpress.com

Sandro

Postar um comentário