13/10/2009

Ideogramas que escondem surpresas

Bucho de boi desfiado, tofu com ovo preto, geléia de pele de porco, língua de pato salgada, sopa de abóbora com camarão seco, sopa de milho com ovos, sopa de tofu em tacho de barro, intestino grosso de porco frito, bucho de peixe com frutos do mar, camarão frito com sal temperado, pepino do mar com shoyu, siri com pimenta e sal. Bota exótico nisso (no verdadeiro sentido da palavra)!

São muitas dezenas de pratos e uma só dificuldade para encontrar companhia que, sem restrições, seja capaz de avançar através deles. A idéia de comer equinodermos (pepinos-do-mar) provoca arrepios em muita gente.

Já experimentei várias sopas e legumes, além de frutos do mar e intestino de porco frito. Gostei bastante. Meu preferido, até agora, é um siri enfarinhado e frito, com pimenta. Mas nem sempre que peço vem o mesmo prato. De todas as modalidades de preparação do siri (umas quatro), o enfarinhado é o melhor. Então é sempre uma surpresa: conseguimos, desta vez, nos fazer entender? Que falta faz um curso de mandarim!

Um lugar simples, poucas mesas. Quem me indicou o Jardim Meio Hectare foi um ocidental; professor há anos de artes marciais chinesas, esteve na China várias vezes. Para ele – que duvida da correta transliteração dos ideogramas - este é o restaurante que mais se assemelha com o que se come por lá. Não tenho porque duvidar, apesar da evidente desproporção entre “meio hectare” e a superfície comestível da China.

Acho bem melhor que o Shi Fu (sobre este, já escrevi ) – o que já é bastante para ir várias vezes. Comparando os mesmos pratos nos dois lugares, o Jardim sai ganhando no acabamento e nos molhos. O público é essencialmente chinês, a simpatia das atendentes um pouco maior; a dificuldade de nos fazermos entender, a mesma do Shi Fu.

Endereço: Rua Thomas Gonzaga, 65 – Liberdade – São Paulo

4 comentários:

MM disse...

Comer Holoturia nem pensar!!!!! http://pt.wikipedia.org/wiki/Pepino-do-mar

Janine Collaço disse...

Esse conheço há muitos anos, mas de fato precisa saber mandarim, do contrário é surpresa (para o bem ou para o mal!).
Janine

Papilles Mentales by C@t disse...

Muito bom descobrir outro endereço legítimo chinês. Eu adoro a aventura de ir no Shi Fu também, mas sempre que quero comer algo "estranho", sou barrada pelos meus acompanhantes. Já consegui convencê-los a comer os pratos com dao-si ou tao-si (feijão fermentado salgado), porém sempre que falo da verdura chinesa, um tipo de espinafre que uma amiga recomendou preferem as comidas mais familiares que lembram os fast-foods, e do pepino do mar então, ninguém quer saber, me chamam de louca.

Carlos Dória disse...

Cara Papilla, é preciso organizar a associação dos sem-pepino-do-mar urgentemente!

Postar um comentário