01/10/2009

O exótico em nós mesmos

O que é o "exótico"? O dicionário não deixa dúvidas: "não originário do país em que ocorre; que não é nativo ou indígena; estrangeiro". No entanto, usa-se muito no sentido do "que é esquisito, excêntrico, extravagante", aplicado aos produtos naturais do país.

O bacuri, o cupuaçu, o pequi, são exóticos? Não, não são exóticos! Exóticos são o trigo, o alface, o arroz, e assim por diante.

A inversão de sentido produz consequencias: aumenta a dificuldade de nos reconhecermos, favorece nos vermos como "estrangeiros na própria terra".

Claro, é apenas um detalhe. Mas os que buscam construir uma "identidade culinária" muito ganhariam usando as palavras corretamente.

3 comentários:

Joyce Galvão disse...

assino e carimbo! usar as palavras corretas facilitaria muito!

Joyce Galvão disse...

assino e carimbo! usar as palavras corretas facilitaria muito!

Mariana disse...

Adorei a alfinetada... Não por achar que sirva para outras pessoas, mas para mim. Devemos nos policiar e buscar mais conhecimento para defender nossa cultura.

Postar um comentário