28/12/2010

A culinária na net é sem propriedade

Ontem assisti a uma entrevista de Danielle Rollemberg, dona do site http://umbigonofogao.com.br. Ela reclamava das pessoas que “roubam” as imagens do seu site, apagam a marca d´água e usam ao bel prazer.

Fiquei pensando o quanto é difícil para as pessoas se acostumarem à idéia de que a maior parte das coisas que estão na net são domínio público. Imagine-se fazendo um discurso em praça pública, ou desenhando numa parede (um grafite). Essas coisas tem autoria mas não tem propriedade, e quando se confunde ambas não se vai longe.

Danielle Rollemberg diz que o site foi feito para divulgar receitas (logo não reconhece propriedade das receitas), mas reclama quando as suas fotos de bolos e doces é que são divulgadas por cópia.

Quem copia talvez devesse mencionar a origem, mas, convenhamos, não há porque hierarquizar receitas e imagens de receitas executadas. Tudo que cai na rede é free, é common. Ou tem restrição através de códigos de acesso.

5 comentários:

Fer Guimaraes Rosa disse...

receitas não sao protegidas pela lei dos direitos autorais, mas imagens e textos estão. o grande problema é que é muito dificil conseguir que a lei seja respeitada. no Brasil entao, onde a pirataria virou a coisa mais comum do mundo, todo mundo pratica, ninguem acha errado. voce pode usar o creative commons pra determinar como você quer disponibilizar o uso do seu material na web, o problema é que ninguem respeita. muita gente nem sabe que isso existe. já tive fotos e textos meus usados sem meu consentimento por uma revista brasileira que vendia anuncios carissimos. pra mim isso foi simplesmente um ROUBO. abs!

Carlos Dória disse...

Fer,
é evidente que se usam o seu trabalho para fazer dinheiro devem pagar por ele. Mas pense o inverso: e se estamos divulgado algo dentro do espírito de commons (uma receita, por exemplo)? Por que distinguir entre o texto e a imagem? Essa hierarquia é ultrapassada, não lhe parece?

Gabriel Leicand disse...

É uma questão complicada, mas concordo com você que uma vez que esteja na net está lá para ser usada. Ela devia estar feliz que as pessoas estão roubando, significa que suas receitas e fotos são boas! E pedir delicadamente que façam uma citação...

Wservir disse...

Olá,

Possuo vários blogs de receitas e ando à procura de parceiros para eles e troca de links.
Se estiver interessado, basta adicionar os nossos links e responder a este email (wservir@gmail.com) com os seus links para que possamos adicionar também.


http://receitas-afrodisiacas.blogspot.com/
http://entradas-receitas.blogspot.com/
http://receitas-diabeticos-dieteticas.blogspot.com/
http://receitas-sem-gluten.blogspot.com/
http://receitasnatal.blogspot.com/
http://receitasfimdeano.blogspot.com/
http://receitas-cocktails.blogspot.com/
http://receitas-pascoa.blogspot.com/

E ainda o site http://pt.petitchef.com

Claudio disse...

Doria
Cada coisinha que leio em seus livros e aqui no blog me fazem admirá-lo cada vez mais, principalmente por sua coerência. Concordo totalmente contigo. Acho que citar a fonte de onde se tirou alguma imagem ou informação é um princípio ético, de boa educação e respeito pelo trabalho alheio. Mas não se deve restringir ou proibir o uso de conteúdos que estão na rede. Acho que a Danielle tem até o direito de reclamar, mas é uma atitude tão mesquinha. Como diz o velho ditado: caiu na rede é peixe.

Postar um comentário