27/03/2009

O soufflé


Um aluno, que possui um blog , me presenteou com um delicioso texto sobre as agruras de um homem para fazer um soufflé. Isso porque sabe que, em alguns dias, haverá o debate na Livraria Cultura sobre a utilidade das receitas.
Mas o autor do texto não é um cidadão qualquer. Trata-se de Nathan Schlanger, um arqueólogo com PhD em Cambridge, autor de livros como Técnicas, tecnologias e civilização. O texto é: “The making of a soufflé: pratical knowledge and social senses”, Techiques et Culture, 15, 1990: 29-52.
É de rir muito. Seu propósito era fazer um soufflé para conquistar uma bela dona. E buscou seguir uma receita... O hilário é o enfrentamento entre o pensamento racional de um cientista e a viagem imprecisa que uma receita manda o leitor fazer.
O mais interessante é que o texto tem quase 20 anos e as receitas já estavam na berlinda.

1 comentários:

Ana Paula Bousquet disse...

Conheci seu blog através do Pedro (Martinelli!) e adorei. Uma delícia. Voltarei mais vezes.
Ah! Adoro soufflé e sei fazer bem, o mais engraçado que o que mais gosto é o de chuchu que minha madrinha fazia acompanhado de carne assada no molho ferrugem inesquecível! Tenho um blog também, se quiser dar uma volta por lá, welcome!!
Abs,
Ana Paula Bousquet

http://anapaulabousquet.blogspot.com/

Postar um comentário