01/08/2009

Pesquisando, sempre pesquisando

A Neide Rigo foi lá conferir, na Barão de Tatuí, se existe vida gustativa além do Così. Não achou um Rodrigo Oliveira em gestação, conforme eu sugeri que poderia acontecer, mas inaugurou uma nova e promissora modalidade de guia gastronômico: o self-guide. Podemos imaginar, no futuro, atividades incríveis a partir disso; por exemplo, uma feira de self-guides, onde se troca dicas na razão de 1 para 1. A Neide, que já tem experiência na troca de sementes, simplesmente saiu na frente.

3 comentários:

Neide Rigo disse...

Dória,
isto é uma coisa que sempre quis fazer. Aqui na Lapa tem botecos com comida do dia aos montes. Se eu tivesse tempo, visitaria todas as cozinhas - algumas são porqueiras, mas tenho certeza que encontraria panelas limpas e areadas, dobradinhas deliciosas e feijões incríveis. Mas e o tempo pra estes projetos pessoais que não interessam a ninguém senão a nós mesmos? Um beijo, N

Carlos Dória disse...

Neide,
acho que as pessoas que nos lêm se interessam sim! Está combinado: vamos escolher o próximo e vamos juntos!! Você indica. Bjs.

Breno Raigorodsky disse...

Dória, estou nessa. Enquanto a revista Look durou, tive a oportunidade de publicar um artigo por mês, recuperando certas experiências, descobrindo outras. A revista acabou e a boquinha-livre se foi

Postar um comentário