11/06/2010

O progresso



O mais triste da transformação gastronomica de Paris: os endereços da culinaria virando pontos de venda da "moda".

1 comentários:

cris disse...

odeio essa nostalgia... viver hoje, presenteee

Postar um comentário